Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal Institucional - Back Office
agenda contactos
InvestirEmpresasPromoção do empreendedorismo

Promoção do empreendedorismo

 
Ao empreendedor cabe a responsabilidade de ter capacidade para identificar e avaliar oportunidades, desenvolver o plano de negócio e captar os recursos necessários para da melhor forma gerir a empresa criada.
 

​​O que se entende por empreendedorismo?


O empreendedorismo é um dos alicerces fundamentais de promoção e desenvolvimento da economia, associado à inovação. Como um processo criativo e dinâmico, tem como base a identificação de oportunidades e soluções por parte do empreendedor, com o objetivo de suprir de uma forma diferenciadora determinadas necessidades sociais.


O empreendedorismo é uma atitude perante a vida, que se relaciona com o desenvolvimento de competências-chave que cada individuo vai desenvolvendo ao nível social, cultural, pessoal e profissional. O empreendedorismo é uma atitude, um modo de estar na vida que se prende com uma postura de alerta e atuante perante tudo o que nos rodeia.


Se enquadrarmos o empreendedorismo na perspetiva do negócio o empreendedorismo é um processo no qual uma pessoa ou grupo de pessoas se constitui juridicamente, e nessa base elabora um plano de negócio e desenvolve-o com base numa ideia de negócio devidamente fundamentada e maturada.


No desenvolvimento deste processo é importante que o empreendedor tenha conhecimento das fases inerentes ao processo de criação do seu negócio e possua capacidade para delinear as estratégias que contribuam para o crescimento e desenvolvimento da empresa.


Ao empreendedor cabe a responsabilidade de ter capacidade para identificar e avaliar oportunidades, desenvolver o plano de negócio e captar os recursos necessários para da melhor forma gerir a empresa criada.


Posso ser empreendedor?

 

Quase todos os seres humanos reúnem as predisposições necessárias para serem empreendedores, tudo depende, no entanto, do desenvolvimento e da aquisição das competências empreendedoras – o que se faz através de um plano pessoal de desenvolvimento – e de criar ou encontrar um contexto que seja favorável ao empreendedorismo e da vontade e do compromisso pessoal com um conjunto de objetivos que teremos que alcançar para nos tornarmos empreendedores.


Existem muitos estilos ou perfis diferentes de empreendedores que se conjugam com múltiplas variáveis ou competências de empreendedorismo. Neste processo existe sempre uma influência do contexto e das características psicológicas da pessoa.


Que características deve ter um empreendedor?


Importa salientar algumas características pessoais, aptidões e competências técnicas que o empreendedor deve possuir, tais como: ser orientado para os objetivos, ser planificado e organizado, ser criativo e inovador, ter iniciativa, ter capacidade para assumir riscos calculados, ser autoconfiante e motivado, ser assertivo e perseverante, ser resiliente ao fracasso, ter capacidade de comunicação e de estabelecer boas relações interpessoais, ter persistência e comprometimento.


Quais os passos fundamentais da criação de um negócio?


Atualmente uma boa ideia empreendedora terá que ter em conta com as mutações sociais existentes e por consequência, com as alterações de mercado que dai resultam. A maior parte das ideias de negócios terão que ter em consideração alguns aspetos que consideramos relevantes, e que destacamos: o mercado (decorrente das mudanças nos estilos de vida ao nível dos hábitos de consumo), a tecnologia (inovação dos processos de produção e serviços), o benefício (forma inédita e distinta de se prestar um serviço).


Importa ter presente que uma oportunidade de negócio só conduzirá ao sucesso se corresponder a uma necessidade que não se encontre satisfeita no mercado de bens e serviços. Assim, o empreendedor terá, numa primeira fase, que identificar as necessidades, para posteriormente, lançar os produtos ou serviços que visem colmatar a satisfação dessas necessidades, ganhando assim uma vantagem competitiva.


Deve o empreendedor antes de se lançar na criação do seu negócio realizar de forma consciente uma análise da ideia de negócio, a fim de se certificar com a devida segurança se se trata ou não de uma oportunidade de negócio. Assim, resolvemos, nesta fase, partilhar um conjunto de preocupações que julgamos de ter em conta na criação e análise de uma ideia de negócio e que se prendem com as seguintes questões:


a) Que fatores determinam a criação de uma oportunidade de negócio?
b) Qual a necessidade efetiva de um determinado bem, produto ou serviço?
c) Que tipo de público-alvo deve o meu negócio abranger e que estratégias devo desenhar para o atingir?
d) Quanto é que o meu “produto” ou “serviço” poderá valer para os potenciais interessados?
e) Os concorrentes estão a satisfazer cabalmente as necessidades do mercado?
f) Possuo os recursos e as tecnologias necessárias para criar uma nova empresa?
g) Que tipo de meios e recursos estão envolvidos em cada uma das fases do processo de criação de uma empresa?

 

Que informação devo consultar?


IAPMEI – Manual do Empreendedor
https://www.iapmei.pt/PRODUTOS-E-SERVICOS/Empreendedorismo-Inovacao/Empreendedorismo/Documentos-Financiamento/ManualdoEmpreendedor.aspx

 

IAPMEI - Guia Prático do Empreendedor

https://www.iapmei.pt/PRODUTOS-E-SERVICOS/Empreendedorismo-Inovacao/Empreendedorismo/Documentos-Financiamento/Guia_Pratico_Empreendedor_Agosto-2016.aspx

 

SEDES – Guia do Empreendedorismo

http://web.letras.up.pt/gip/Guia_empreendedorismo.pdf

 

ANJE - Guias do Jovem Pró-Empreendedor

http://www.anje.pt/portal/empreendorismo-novos-guias-ensinam-a-criar-negocios

 

AERLIS (Associação Empresarial da Região de Lisboa) - Empreende+
http://empreende.aerlis.pt/

 

Você está em
EmpresasPromoção do empreendedorismo
Promoção do empreendedorismo