Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal Institucional - Back Office
agenda contactos
14 de setembro

Os Labirintos do Minotauro - ao encontro da poesia portuguesa

“Os Labirintos do Minotauro” é um espetáculo de dança, canto e música ao vivo que integra elementos de dança grega antiga a partir de uma investigação realizada na Grécia sobre as danças nas civilizações Minóica e Helénica.
Os textos das canções, escritos em grego e grego antigo, são da autoria de Pedro Ivo, vocalista do grupo Terpsichore Dance, e incluem excertos do Pseudo-Apolodoro e da Safo de Mitilene.

Na adaptação do espetáculo para o Parque dos Poetas procurou-se homenagear a obra de Sophia de Mello Breyner no que ela faz alusão ao labirinto. Este, na sua poesia, é interior e há um paralelismo entre o Minotauro e o medo.

“Os labirintos do Minotauro”, uma narrativa dançada que retrata a luta entre um herói (Teseu) e os seus medos (o Minotauro), um confronto que decorre no interior de um labirinto. Simultaneamente real mas intangível, este é um espaço em constante mutação e representa a teia de pensamentos, emoções e relações que nos rodeiam e nos definem.
O mito do Minotauro é analisado como um mito da atualidade onde Teseu somos todos nós que, habitando labirintos culturais e pessoais, nos confrontamos diariamente com os nossos medos.

 

Adaptação do espetáculo “Os Labirintos do Minotauro” (duração 40 minutos)
Por: Terpsichore Dance

14 Setembro, às 16h00  | Parque dos Poetas (Pétala Sophia de Mello Breyner) – Oeiras
Ponto de encontro: Porta principal Parque dos Poetas, Fase 1

14 de setembro
Parque dos Poetas (Pétala Sophia de Mello Breyner) Ver Mapa e Contactos Fechar
 
Publicado 05/09/2019 às 15:50
Os Labirintos do Minotauro - ao encontro da poesia portuguesa