Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal Institucional - Back Office
agenda contactos
page background image
Publicado 06/04/2019 às 21:56

Inauguração da exposição “Living Among What’s Left Behind”

Oeiras abriu as portas do Palácio Anjos, em Algés, para a exposição “Living Among What’s Left Behind”, de Mário Cruz. O fotojornalista apresenta o seu trabalho, premiado pelo World Press Photo 2019, num evento que combinou o lançamento do livro e a inauguração da exposição, no passado, dia 6 de abril.

“A arte é muito importante para convocar as consciências para os problemas do século XXI. Questões como a degradação ambiental e as desigualdades sociais crescentes são problemas de toda a Humanidade.”, disse o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Francisco Rocha Gonçalves, na inauguração da exposição Living Among What’s Left Behind, do fotojornalista Mário Cruz.

 

A exposição vai estar patente no Palácio Anjos, em Algés, até ao dia 26 de maio.

Ao todo, estão expostas 40 imagens que retratam o perigoso caminho que a humanidade enfrenta, quando descura os direitos fundamentais e abandona a preservação do meio ambiente. A fotografia distinguida pelo World Press Photo mostra uma criança que recolhe materiais recicláveis, para obter algum tipo de rendimento que lhe permita ajudar a família, deitada num colchão rodeado por lixo que flutua no rio Pasig, que já foi declarado biologicamente morto na década de 1990.

O livro “Living Among What’s Left Behind” surge como um apelo à ação e é da responsabilidade da Nomad, sob edição de Mário Cruz e em colaboração com o Estúdio Degrau. Contém 70 fotografias, umas a preto e branco e outras a cores, que retratam, de forma crua, a realidade que Mário Cruz encontrou em Manila. A capa foi produzida através do processamento de 160 kg de resíduos industriais e desperdícios de uso doméstico. Cada capa é criada individualmente e à mão, resultando em exemplares com capas únicas, que simbolizam a abundância de lixo que deixamos para trás.

 

exposicao4.gifexposição2.gif 

exposicão3.gifexposicao5.gif 

 

 

  • 25 e 26 de outubro
  • Às 21h30
  • Sophia pelos nossos olhos
    O Templo da Poesia vai receber dois espetáculos de Poesia & Jazz, com Nicolau Santos, Cláudia Franco e o Quarteto Manuel Lourenço.Os espetáculos vão acontecer no âmbito do centenário da Sophia de Mello Breyner Andresen.
    Entrada livre sujeita à lotação da sala.
  • 19 de outubro
  • Às 21h30
  • Música no Tempo de Marquês de Pombal
    Este concerto faz parte de um conjunto de concertos comentados e pedagógicos de música barroca, música no tempo de Marquês de Pombal.
    Entrada gratuita, limitada aos lugares disponíveis
  • 24 de outubro
  • Às 19h00
  • Conversas com Rastilho
    No próximo dia 24 de outubro, Inês Medeiros (Presidente da Câmara Municipal de Almada) e o Maestro António Vitorino de Almeida vão estar nas Conversas com Rastilho.
    Entrada limitada à capacidade do espaço
  • 20 de outubro
  • Às 17h00
  • Concerto de Outono
    No dia 20 de outubro, assista ao Concerto de Outono do Coro Santo Amaro de Oeiras no Auditório Municipal Ruy de Carvalho em Carnaxide.
    Entrada Livre sujeita à lotação da sala
  • 31 de outubro
  • Às 12h00
  • Inauguração do Conjunto Escultórico de Homenagem ao Poeta Moçambicano José Craveirinha
    O Município de Oeiras vai inaugurar o conjunto escultórico representativo de Moçambique no Parque dos Poetas na 2ª Fase B.
    Inauguração da exposição “Living Among What’s Left Behind”