Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Portal Institucional - Back Office
agenda contactos
DescobrirVinho de Carcavelos - Villa Oeiras

Vinho de Carcavelos - Villa Oeiras

O generoso que deveria existir em todas as casas onde existe um oeirense.
Castas que misturadas na medida exata, qual alquimia, dão origem ao nosso generoso.
 

 
O vinho de Carcavelos faz parte da impressão digital de Oeiras. Na reconstrução do que se herdou e na criação de um novo modelo de território, não poderíamos na plena consciência do que fomos, esquecer e abandonar à sua má-sorte, o nosso vinho de Carcavelos.

Este vinho generoso remonta ao século XIV e atingiu o seu período áureo pelas mãos laboriosas e mente acutilante de Sebastião José de Carvalho e Melo – Marquês de Pombal e Conde de Oeiras. O vinho de Carcavelos correu mundo. Entrou nas mais variadas culturas. Chegou a dar parte da sua 'alma' ao vinho do Porto de forma a proporcionar-lhe um 'corpo' e um paladar superior. Deste período fértil e auspicioso, decaiu para níveis que sem a intervenção da autarquia era expectável que deixasse de existir.

Nele se pegou e se recuperou e hoje, a vinha continua a produzir, na encosta virada para o Tejo, na terra que sempre foi fértil, sacudida pelo vento que nos é típico, as castas. No branco, Galego Dourado, a Ratinho, a Arinto, as Rabo-de-Ovelha e a Seara-Nova; no tinto, a combinação perfeita entre as castas Castelão, Amostrinha e a Trincadeira. Castas que misturadas na medida exata, qual alquimia, dá origem ao nosso generoso.

 

 

Se aqui chegou e está interessado em saber tudo sobre o nosso vinho, vá a www.villaoeiras.com, mas faça-o com um cálice de Villa Oeiras por companhia.

CS064069.JPG CS066671.JPG

Você está em
DescobrirVinho de Carcavelos - Villa Oeiras
Vinho de Carcavelos - Villa Oeiras